SOBRE OVOS - Parte II: Omelete


O omelete, mais glorioso que os ovos mexidos, sempre foi assunto entre chefs de todo mundo.

A cozinheira Julia Child se preocupou em mostrar como os franceses o fazem, e a escritora inglesa Elisabeth David, em seu livro An omelet and a glass of wine, dedicou um capítulo inteiro a esse prato. Ela conta a história de um restaurante na costa da Normandia, na França, que ficou famoso por seu omelete, leve e elegante, que atraía turistas de toda parte.

Todos se perguntavam qual era o grande segredo, até que um dia escreveram uma carta perguntando sobre a receita, e a dona do restaurante respondeu: “Aqui está a receita do omelete: eu quebro ovos de qualidade, bato-os, coloco um bom pedaço de manteiga na frigideira, jogo os ovos e mexo constantemente. Fico feliz em saber que essa receita o agrada”.

Pronto, simples assim. Menos é mais. Nunca abuse do recheio. Os ovos devem ser batidos levemente. A frigideira precisa ser antiaderente. Elizabeth David também dizia que o sucesso do omelete está na frigideira e não na genialidade do cozinheiro.

Ingredientes

  • 2 ovos

  • 1 colher (sopa) de manteiga

  • Sal e pimenta

Como preparar

Bata os ovos levemente. Tempere com sal e pimenta.

Em fogo alto, coloque uma colher (sopa) de manteiga na frigideira e espere derreter.

Antes que ela mude de cor, mude para o fogo baixo, jogue os ovos e, com a ajuda de uma colher, vá empurrando para dentro a parte mais cozida e deixe que o centro escorra para fora, cerca de 2 minutos.

Com o centro ainda um pouco mole, coloque o recheio, dobre ao meio e desligue o fogo.

Como sugestão de recheio, coloque uma colher de sopa de queijo, uma colher de sopa de cogumelos, cebolinha, salsinha.

Deslize o omelete para o prato de servir e aproveite imediatamente.

#ovos #juliachild #elizabethdavid

DÚVIDAS?
Receba nossas novidades!
  • Facebook Basic Black
  • Instagram Basic Black
  • Pinterest Basic Black
  • YouTube - Black Circle
Siga também