Receita italiana: patê de fígado


O fígado de galinha não é querido por todos e anda meio esquecido, mas sempre gostei de fazer receitas de patê, terrine (chame como quiser) desse ingrediente.

Nessa mousse, ele se transforma em uma entrada elegante e muito fácil de preparar. A receita é de um livro italiano de 1986, chamado "Antipasti per tutte le satgioni", de Carla Mischiatti.

Deixe o preconceito de lado, esqueça o gosto dos patês prontos e aventure-se nessa "Mousse di Fegato". Você, assim como eu, nunca mais vai querer largar essa receita.

Ingredientes

  • 300 g de fígado de galinha limpo

  • 200 g de manteiga

  • 50 g de bacon picado de boa qualidade

  • 1/2 cebola picada

  • 2 folhas de gelatina incolor e sem sabor

  • 50 ml de vinho do porto ou marsala

  • 50 ml de conhaque para flambar (opcional)

  • Sal e pimenta

Como preparar Com 50 g de manteiga, doure a cebola e o bacon por 5 minutos. Acrescente o fígado e deixe dourar por mais 5 minutos. Agora vem a parte opcional: flambar.

Flambar, do francês, significa "passar pela chama". É preciso ter cuidado e praticar. Para isso, é necessário uma bebida de alto teor alcoólico (nessa caso, conhaque) e fogo. O álcool do conhaque, ao entrar em contato com o fogo, evapora, restando apenas o sabor e aroma, tudo muito sutil. Se houver líquido na frigideira, o álcool vai se misturar com a água e o fogo não vai pegar. Então, quando estiver dourando o fígado, em fogo alto, coloque o conhaque, acenda o fósforo e coloque-o em cima do fígado como se fosse acender uma boca no fogão. Espere o fogo apagar. NUNCA jogue álcool enquanto houver fogo. A outra maneira de flambar é inclinar a frigideira até o fogo da boca do fogão pegar no conhaque. Se não der certo, não tem problema, sua mousse ou patê vai ficar deliciosa do mesmo jeito.

Depois de flambar, deixe por mais 2 minutos e desligue o fogo. Se cozinhar muito tempo, ele vai ficar rígido.

Bata tudo que estava na frigideira no liquidificador. Em seguida, prepare a gelatina conforme as instruções do pacote. Volte a panela para o fogo, coloque o restante da manteiga, despeje a mistura de fígado batida, o vinho do porto e, por último, a gelatina já preparada (para misturar bem a gelatina, coloque uma colher da mistura de fígado na xícara em que a gelatina se encontra, mexa e, aí sim, despeje na panela).

Desligue o fogo, mexa mais um pouco para deixar a mistura homogênea e despeje tudo em uma forma ou travessa umedecidas com água (pode ser de bolo inglês, de pudim, você escolhe o formato). Ou opte por usar forminhas menores, como fizemos. Leve à geladeira por duas horas.

Desenforme, besunte com um pouco de azeite ou manteiga derretida por cima para dar brilho e sirva com torradas. Aqui servimos também com geleia de pimenta. Caso você não queira desenformar, não é necessário usar a gelatina. Você pode também variar o sabor acrescentando tomilho fresco.

#figado #pate

DÚVIDAS?
Receba nossas novidades!
  • Facebook Basic Black
  • Instagram Basic Black
  • Pinterest Basic Black
  • YouTube - Black Circle
Siga também