Crepe francês sem erro


Na newsletter do mês de Janeiro, decidimos falar sobre Julia Child, conhecida por levar a culinária francesa para os americanos, com a série de livros "Mastering the Art of French Cooking" (Dominando a Arte da Culinária Francesa, em português). Ps.: para assinar nossa newsletter, basta ir até o fim da página e digitar seu e-mail.

Então, resolvi escrever a receita de crepe, um clássico francês que se encontra em qualquer biboquinha por lá. Os ingredientes são os do nosso dia a dia, e é só misturar tudo. É preciso um pouco de paciência na hora de fritar e pronto.

Escolhi essa receita do David Lebovitz, um americano que, assim como Julia Child, foi viver em Paris. É a minha preferida porque mistura farinha branca e integral e fica bem leve e saborosa.

Escolhemos um recheio de molho béchamel com palmito, mas você pode deixar a imaginação fluir. Uma dica legal para receber amigos em casa é deixar todas as massas prontas e várias cumbuquinhas com diversos ingredientes (palmitos, queijos, presunto, milho, tomate, aspargos) - uma estação de crepe. Depois você só vai precisar ligar a frigideira, colocar a massa, os ingredientes a gosto, dobrar e esperar esquentar. Nesse esquema, na hora de aquecer, dá certo também usar um desses grills tipo George Foreman. Cada um pode montar o seu ou alguém pode ficar encarregado da missão. É bem divertido, prático e delicioso.

Ingredientes da massa de crepe

  • 2 xícaras de leite (500 ml)

  • 1/2 xícara de farinha integral (70 g)

  • 3/4 xicara de farinha de trigo (105 g)

  • 3 colheres (sopa) de manteiga (80 g)

  • 3 ovos

  • 1 colher (sopa) de açúcar

  • 1/4 colher (chá) de sal

Ingredientes do recheio

  • Molho béchamel (ensinamos a fazer aqui)

  • 1 vidro de palmito picado

  • Queijo ralado

Como preparar a massa de crepe Misture todos os ingredientes até que a massa esteja homogênea. A massa precisa descansar por algumas horas. A recomendação dele é de 8 horas na geladeira e 1 hora em temperatura ambiente antes de fritar. Como é muito difícil tanto tempo e planejamento, vamos, dessa forma, combinar que deixaremos pelo menos 1 hora na geladeira, e, antes de fritar, uns 15 minutos em temperatura ambiente. É claro que se você puder, vale a pena seguir as instruções dele.

Outra coisa importante é mexer sempre a massa enquanto estiver fritando os crepes, já que a farinha tende a ficar no fundo.

Aqueça um frigideira antiaderente (muito importante!) e unte com manteiga. A frigideira tem que estar quente para começar a assar, mas você vai precisar diminuir o fogo ao longo do processo, quando ele começar a dourar muito rápido, antes de você conseguir espalhar toda a massa.

Com uma concha, pegue um pouco da massa (a quantidade vai depender do tamanho da sua frigideira) e vá espalhando rapidamente por toda a área dela, virando a frigideira. Existe um rodo pequenininho para isso, mas nessa receita a massa é mais líquida, então você vai conseguir espalhá-la apenas inclinando a frigideira.

Deixe por uns 60 segundos, até que já tenha formado bolhinhas por toda ela e esteja soltando com facilidade. Com uma espátula, vá despregando pelas bordas e, em seguida, vire e deixe mais 30 segundos do outro lado.

Já dizia minha mãe que o primeiro nunca sai bom, às vezes porque a frigideira não está quente o suficiente, mas vamos em frente até terminar a massa. Não desanime! Ao final, você terá por volta de 15 crepes.

Você pode optar por fazer todas as massas de uma vez e guardar na geladeira por uns 4 dias as que sobrarem. Para rechear, volte a massa na frigideira e coloque os ingredientes desejados, dobre e espere esquentar. Para dobrar em quatro, como fizemos na foto, o ideal é rechear apenas um quarto da massa, assim fica mais fácil de dobrar.

Salvar

#crepe #bechamel #brunch

DÚVIDAS?
Receba nossas novidades!
  • Facebook Basic Black
  • Instagram Basic Black
  • Pinterest Basic Black
  • YouTube - Black Circle
Siga também